Clínica Dentária Alinea - Premium Oral Care
28
Jun 12

Um dos grandes desafios da ortodontia moderna é a redução do tempo de tratamento. Nos últimos 40 anos, o tempo médio de um tratamento ortodôntico foi reduzido em aproximadamente 25-30%, e o que antes demorava 30 meses, hoje faz-se em mais ou menos 24, grosseiramente falando. E onde iremos chegar? É evidente que há um limite, o limite dos nossos dentes suportarem pressões mais ou menos fortes, o que na nossa especialidade chamamos simplesmente de “força óptima”.

 

 

Nesta corrida contra o tempo e na busca incessante por um sorriso perfeito, ao preço mais baixo e de forma mais rápida, cria-se um espaço a oportunistas de todas as espécies, quer sejam profissionais da área, clínicas ou fabricantes de materias dentários, todos com um nível de honestidade condizente com um dos termos mais utilizados no meio comercial dos nossos dias: low cost. Pouquíssimas foram as vezes que fiquei satisfeito com algo “Low Cost” e recomendei para alguém – só me lembro da Easyjet. Fora esta, mais nada. Na área da saúde, tenham muito cuidado, pois normalmente o “low” do primeiro momento transforma-se em “high” muito rápido, na mesma velocidade que algumas clínicas e marcas de aparelhos prometem resolver os seus problemas de alinhamento dentário. Com a saúde não se brinca e o que é barato normalmente sai caro.

 

Para ilustrar, vejam o exemplo deste espertalhão, que obviamente não assina em lado algum, e publica mentiras nos quatro cantos do ecrã:

 

 

Razões para colocar um aparelho de brackets auto-ligantes

 

As principais vantagens são (prepare-se para ficar surpreendido):

 

• aparelho 50% mais rápido, sendo que a média de uso é de 18 meses – FALSO: se a média são 18 meses, significa que o tempo normal seriam 36 meses. Ora, sabe-se muito bem que não há nada hoje em dia que justifique um tratamento para além dos 30 meses, que é o tempo máximo. Na nossa clínica, temos vários casos terminados em 18 meses com brackets auto-ligáveis e também com brackets convencionais;

 

• provoca menos dor e desconforto no seu uso e habituação - FALSO: não há diferença para os tradicionais;

 

• muito menor manutenção, pode em alguns casos fazer ajustes de 3 em 3 meses – FALSO: nos EUA, independentemente do tipo de brackets, pesquisa comprovou que alguns poucos ortodontistas fazem ajustes de 8 em 8 semanas, mas nunca de 3 em 3 meses;

 

• 80% dos casos não implicam extração de dentes – FALSO: isto não é peculiar aos brackets autoligáveis, mas é a estatística geral;

 

• deixa de ter de usar expansores (para alargar maxilas) – FALSO: os expansores rápidos, tipo Hirax ou Haas, NUNCA devem ser utilizados
em adultos ou adolescentes com mais de 14 anos de idade (fim do crescimento);

 

• existe também com brackets transparentes – praticamente todos os tipos de brackets hoje em dia oferecem esta opção que, na verdade, não são transparentes, mas da cor do dente, em cerâmica.

 

Enfim, um bom ortodontista saberá tratar seus pacientes com praticamente qualquer tipo de aparelho. Daí a importância de consultar um profissional especializado, que saiba o que faz. Fuja de anúncios muito baratos, de promessas milagrosas e de quem só quer o seu dinheiro. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Cesar Kelly Pimentel às 14:51
14
Jun 12

Se há algo que irrita-me, é quando recebemos telefonemas de pessoas a perguntar se utilizamos a técnica Damon ou qualquer outra específica, como se somente a tal resultasse. Já agora, o que é Damon? É um tipo de bracket autoligável (que não necessita de elásticos para prender o fio), cujo fabricante é a Ormco. E apenas isto. Entre os brackets autoligáveis, temos muitas marcas e modelos: In-Ovation, da GAC; Speed, da Speed; SmartClip, da 3M, entre outros.

 

Porém, a Ormco, fabricante dos brackets Damon, resolveu "ENDEUZAR" estes brackets e inventou uma "Técnica Damon", tentando confundir os (maus) ortodontistas e, principalmente, o público leigo, com histórias da carochinha do tipo: "com o sistema Damon o tratamento é realizado em metade do tempo normal", "a técnica Damon resolve todos os casos sem necessidade de extracção de dentes" ou ainda "o sistema Damon foi desenvolvido com tecnologia da Nasa" (???). Ora, não existe esta conversa de técnica a, b ou c. A técnica ou modus operandi é uma só: ortodontia. Tipos e modelos de aparelhos, há muitos, e um ortodontista devidamente capacitado trabalhará com qualquer bracket, ou melhor, terá uma preferência por alguma marca e conseguirá excelentes resultados com qualquer que seja esta marca. Portanto, não me venham com esta conversa de "Técnica Damon", por favor.

 

E o que é verdade em relação aos aparelhos autoligados? Até agora, só conseguiu-se comprovar cientificamente duas coisas:
- estes brackets propiciam uma melhor higiene dentária e um menor acúmulo de placa dentária, com consequente diminuição do número de cáries e de desmineralizações dentárias durante o tratamento; e
- o tempo de duração das consultas de controlo é menor.
Fora estes dois itens acima, na nossa clínica temos observado mais alguns pontos positivos:
- diminuição do tempo total de tratamento em mais ou menos 15%, ou seja, um caso inicialmente previsto para durar 24 meses tem seu tempo diminuído para um total de 20 meses de tratamento; e
- talvez a origem do ponto anterior, há uma maior facilidade em realizar movimentos de rotação dos dentes, e, em alguns casos, a fase inicial de alinhamento e nivelamento é um pouco mais rápida.

 

Em relação à necessidade de se tirar dentes(ou não), isto vai depender de cada caso. Quando a falta de espaço é severa, temos que fazer extracções, pois somente assim conseguiremos um resultado estético satisfatório e uma boa estabilidade. O que os discípulos milagreiros damonistas pregam nestes casos, é uma expansão exagerada da arcada. Ora, isto, se quisermos, conseguimos fazer com qualquer bracket, apenas o resultado é horrível, o paciente fica parecendo ter 64 dentes, ao invés dos 32 normais. Mais: fica muito instável e as chances dos dentes voltarem a ficar encavalitados, é grande. É o mesmo que tentar colocar 20 pessoas num elevador onde só cabem 10: assim que a porta abre, alguém é logo atirado para fora.

 

 

publicado por Cesar Kelly Pimentel às 18:36
19
Abr 12

Como já havia antes mencionado no primeiro post, um dos melhores momentos para escrever é quando estou no comboio, autocarro ou avião. Quando criança, numa época em que ainda não existiam as tristes low-costs, lembro-me de ter voado na primeira classe graças ao convite de alguma hospedeira simpática, de algum avião quase vazio. Naquela época, não tinha ideia do que significava um excelente serviço. Volto a estar na primeira classe de um vôo TAP Lisboa-Recife, graças a um mimo desta empresa. Fiz questão de observar todos os gestos e palavras das hospedeiras e chego à conclusão de que aqui estão os melhores funcionários da empresa, os mais experientes, os mais antigos. Trabalhar aqui é um prémio para eles, pois aqui têm (e devem ter) tempo para os passageiros. E é exactamente esta parte que encanta-me e que prego na Alinea: tempo para os pacientes, tempo para as pessoas, tempo para escutá-las com atenção, tempo para planejar cada caso, tempo para a execução. E não pensem que somos mais caros do que a concorrência por causa disto, não, não. Nossos preços estão na média, são normais como gosto de dizer. Quer seja um implante dentário, aparelho invisível, branqueamento dentário ou um simples acto de tratamento dentário, irão custar na Alinea - Premium Oral Care um valor razoável, dentro do que é justo e correcto. Nosso diferencial está no tempo dedicado aos seres humanos, o que inevitavelmente leva-nos a uma elevada qualidade dos tratamentos quando conjugados com a infra-estrutura e material humano excelentes da nossa clínica. E a prova de que não precisamos ser mais caros para poder oferecer isto tudo, virá com ele, com o tempo. Com muita dedicação, afinco e sem descanso, seremos sustentáveis. No tempo.
publicado por Cesar Kelly Pimentel às 10:42
02
Abr 12

A clínica Alinea - Premium Oral Care é um elemento fundamental no que entende-se por qualidade de vida, tanto para os nossos pacientes, como também para a nossa equipa. Trouxemos para o Estoril uma medicina dentária de qualidade a preços normais, com tecnologia de ponta, seja nos Branqueamentos Dentários BriteSmile ou na Ortodontia Lingual Incognito, por exemplo. Temos por filosofia oferecer um tratamento personalizado, cuidadoso, com calma e tempo disponível, sem pressas e sem esperas a quem nos procura. Ao longo da nossa vida, nós, Médicos Dentistas, passamos provavelmente mais tempo no trabalho do que em nossas casas. Eu, por exemplo, tenho estado a trabalhar cerca de 13 horas todos os dias. A pensar nisto, temos a convicção de que a nossa equipa só poderá oferecer tratamentos de qualidade aos nossos pacientes quando oferecemos condições de trabalho excelentes à toda a equipa, quer seja Médico Dentista, Higienista Oral ou Assistente Dentária. Assim, encerro este segundo post, na esperança de ter conseguido transmitir o que entendemos ser parte de uma vida de qualidade: viver e trabalhar em Portugal, ter condições ótimas de trabalho e uma equipa feliz, ver os clientes satisfeitos e a indicar amigos, ter tempo para ouvir e dar atenção às pessoas e ter o apoio e compreensão total da família nesta nova etapa das nossas vidas.

publicado por Cesar Kelly Pimentel às 12:54
10
Fev 12

 

É a caminho de Faro, no Algarve, onde desloco-me uma vez por semana para dar consultas de ortodoncia, que vos escrevo este primeiro post. E será provavelmente sempre a bordo do comboio que vos escreverei, num dos momentos semanais mais relaxantes de que disponho atualmente. Daqui aprecio as paisagens deste país magnífico que é Portugal, o qual escolhi para viver e no qual acredito totalmente. Prova disto chama-se Alinea - Premium Oral Care, clínica de medicina dentária especializada que acabamos de abrir no Monte Estoril, Cascais. Este é um projeto antigo, amadurecido ao longo de uma vida inteira dentro da medicina dentária e agora com 13 anos de profissão. Ao longo deste tempo, sonhei várias vezes com uma clínica bonita, bem equipada e moderna. Mas nem nos meus melhores sonhos, poderia imaginar que os nossos pacientes teriam a vista do mar do Estoril com o sol a brilhar nas suas águas enquanto estão sentados na cadeira do dentista.

publicado por Cesar Kelly Pimentel às 09:00
Bem Vindo (a)

Este é o blogue da Clínica Alinea – Premium Oral Care no Monte Estoril em Cascais. Aqui vamos conversar sobre Medicina Dentária moderna e soluções de saúde, de estética e de bem-estar, para uma superior qualidade de vida e auto-estima. Seja bem-vindo e acompanhe-nos por aqui, nesta tarefa de melhor o servir-mos.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO